A importância de Hans Christian Andersen para a literatura infantil

Em 2 de abril de 1805 nasceu Hans Christian Andersen, o célebre escritor dinamarquês, autor dos contos de fadas mais conhecidos e amados da literatura infantil. Suas obras são carregadas de um espírito leve e cheias de mensagens importantes para a construção de igualdade já na infância. Os contos se tornaram filmes e desenhos no mundo cinematográfico. Andersen foi, sem dúvidas, um dos maiores escritores do imaginário mundo infantojuvenil.

Hans Christian Andersen, de origem humilde e filho de um sapateiro, é natural de Odense, Dinamarca. Após a morte do pai, a família de Hans sofreu com muita miséria e pobreza. Mas, em 1829, o autor publicou seu primeiro livro, “Um passeio desde o canal de Holmen até à ponta leste da ilha de Amager”, obra que o ajudou a obter sucesso.

Após muitas publicações, veio a fama, que, consequentemente, o levou a ingressar na Universidade de Copenhague, em 1835. A princípio, suas obras baseavam-se nas tradições populares de sua origem, depois dedicou seu trabalho aos contos de fadas e histórias destacando a natureza.

Contos e a moral da história

O que impulsionou o sucesso de Hans Christian Andersen foi, certamente, a sua necessidade de transmitir ensinamentos em suas criações literárias. Andersen se preocupou em passar a ideia de padrões de comportamento que poderiam transformar as pessoas em seres humanos melhores.

Seu objetivo era tornar o mundo um lugar onde houvesse igualdade entre as pessoas. Como resultado de tamanha importância, o dia do seu nascimento é também considerado o Dia Internacional do Livro Infanto-Juvenil.

As obras de Hans Christian Andersen

O mundo foi contemplado com suas magníficas histórias, que marcaram e continuam marcando a infância de muitas crianças. O seu sucesso tem sido visto e lido através dos contos e livros, além da indústria cinematográfica, por meio de desenhos animados e produções no cinema. Assim, suas histórias atemporais são perpetuadas por gerações.

Veja, a seguir, as mais famosas:

  • A Pequena Sereia
  • A Princesa e o Grão de Ervilha
  • A Roupa Nova do Rei
  • O Patinho Feio
  • O Rouxinol
  • A Caixinha de Surpresas

Naturalmente, é através da leitura infanto-juvenil que começa o gosto pela leitura. Por isso é tão importante que as crianças iniciem adquiram o hábito de ler o quanto antes, auxiliando também o seu crescimento e aprendizado. A Editora Telha indica, as seguir, algumas obras infantis para apresentar aos pequenos.


Artigos relacionados:

Livros infantis e sua importância na educação e na relação entre pais e filhos

A importância da leitura na sala de aula

Dicas para escrever e publicar um livro infantil

Deixe um comentário