A parcialidade do juiz Sérgio Moro contada numa trilogia

O Livro das Parcialidades antecipa a notícia de que Sérgio Moro teria sido parcial em seu julgamento no caso do triplex do Guarujá. O segundo livro da trilogia, fundamentada em direito penal, já está disponível no site da Editora Telha.

Em abril de 2021, os noticiários do Brasil e do mundo divulgaram a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que atestou falta de imparcialidade do ex-juiz Sérgio Moro no julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex do Guarujá. O assunto é tão importante no mundo político que, além de projetar expectativas para as próximas eleições, declina a confiança e popularidade que o ex-juiz tinha diante de sociedade.

Para muitas pessoas, no entanto, essa notícia não foi nenhuma grande novidade. É o caso dos especialistas em direito penal: Carol Proner, Fabiano Silva dos Santos, Lenio Streck e Marco Aurélio de Carvalho, membros do Grupo Prerrogativas. Eles são os responsáveis por organizar a nova edição que faz parte de uma trilogia baseada nessa história real, de um julgamento genuinamente envolvido em interesses políticos particulares.

O Livro das Parcialidades: 2º Livro da Trilogia relata a parcialidade de Sergio Moro

O Livro das Parcialidades apresenta 28 textos de 35 autores, escancarando a parcialidade do ex-juiz Sérgio Moro durante a Operação Lava Jato.

No primeiro livro, que também vale a pena conferir, os organizadores reuniram mais de 40 autores para o intitulado “O Livro das Suspeições”.

A trilogia terá, em breve, o lançamento do seu terceiro título, “O Livro dos Julgamentos”.

Deixe um comentário