Dicas de livros para aquecer o coração no inverno

Um café fresquinho, um chá bem quente, um cobertor bem macio? Não! A dica é um bom livro para aquecer o coração. Confira neste artigo livros especialmente escolhidos para te fazer companhia neste inverno!

Democracy Delivers: a intervenção dos EUA na Venezuela Chavista

Autor: Tiago Santos Salgado

Já ouviu falar do wikileaks, aquele famoso site criado por Julian Assange, que mexeu com as autoridades mais importantes do mundo? Esse livro apresenta uma análise dos documentos disponibilizados por esse site, que relatam a interferência dos EUA no processo político, social e econômico venezuelano na época do governo de Chávez. Essa leitura de Tiago Santos Salgado está imperdível!


Ainda estamos aqui: uma breve parte de nossa história negra

Autor: Hananza

Se você quer adquirir uma verdadeira visão do passado e presente que contextualizam o racismo no nosso país, essa leitura é fundamental. A luta antirracista, projeto de eugenia, lei de cotas, representatividade, militância negra e racismo enquanto estrutura contemplam alguns dos pontos altos citados nessa obra, que tentam mostrar os abismos causados entre a invisibilidade de um preconceito descarado.


A fraquejada de um país terrivelmente evangélico

Autor: Valdemar Figueredo Filho

Entenda o porquê do apoio de autoridades evangélicas à candidatura do atual presidente na época da eleição presidencial de 2018. Conheça a visão do autor sobre o assunto, que nos direciona para um caminho de reflexão, como questionar o motivo de cristãos terem apoiado alguém que não faz a menor questão de esconder sua agressividade e preconceito ao próximo.


Branquitude e televisão: a nova África (?) na tv pública – 2ª edição

Autor: Richard Santos

Nesse livro, o autor mostra uma visão do que acredita ser a realidade que deveria ser divulgada sobre o continente africano, e aproveita para criticar como a televisão brasileira aborda o assunto. Ele não fica no raso, vai a fundo em suas análises, e aponta o que a TV quer mostrar na ilustrativa branquitude televisiva. Uma leitura e tanto! 

Deixe um comentário