Na hora de publicar um livro, é melhor escolher uma editora tradicional ou independente?

Saiba quais são as vantagens e desvantagens de cada uma dessas publicações.

A decisão mais importante a ser tomada depois de finalizar a escrita do livro é como o texto será publicado. O universo da produção editorial hoje é bastante amplo e merece a atenção do escritor. No entanto, é possível que surjam algumas dúvidas sobre escolher entre uma editora tradicional ou independente.

Para os autores iniciantes, saber as diferenças entre a publicação tradicional e independente é muito importante, pois é necessário entender o processo e as vantagens e desvantagens de cada modelo para escolher qual deseja seguir.

Publicação com editoras tradicionais

Na publicação feita com uma editora tradicional, a empresa fica responsável por todo o processo de edição, produção, divulgação e distribuição da obra, além de todos os custos. 

Nesse tipo de publicação, será preciso conhecer diferentes linhas editoriais, ver quais editoras são mais adequadas ao gênero da sua escrita e fazer uma leitura do mercado para conhecer perfis e tendências. Também é preciso ter flexibilidade para adaptar (ou até mesmo reescrever) o seu trabalho de acordo com a preferência do público e apelo comercial.

Ao comprar os direitos de publicação, a editora cuida de todos os processos e custos para que o livro fique pronto e disponível para a venda. O autor, em troca, recebe uma porcentagem pelos livros vendidos, que costuma girar em torno de 10%. 

Vantagens da publicação tradicional

  • Depois de assinar o contrato, o autor precisa apenas acompanhar o processo editorial, não sendo o principal responsável por ele. 
  • Todos os custos de produção do livro são da editora.
  • Por serem as editoras mais renomadas e conhecidas do mercado, é esperado que as publicações tenham mais destaque na divulgação e distribuição.

Desvantagens da publicação tradicional

  • A maior parte do lucro vai para a editora e o valor repassado para o autor é bem baixo.
  • Maior tempo de produção e menor autonomia do autor.
  • Podem ser demandadas alterações na obra já concluída, a fim de deixá-la mais comercial.
  • O autor não tem muito controle sobre como será produzido o livro
  • Esse, certamente, é o caminho mais difícil para autores iniciantes, pois a aposta das grandes editoras em novos nomes é bem limitada. 

Publicação com editoras independentes

Caso opte por uma editora independente, o texto original é de responsabilidade do autor, porém, a editora fica responsável pela preparação, diagramação, projeto gráfico, revisão de provas e impressão do livro, normalmente por um preço justo.

Trata-se de uma alternativa cada vez mais propagada, já que o escritor não precisa esperar a resposta de uma editora durante anos, recebe a maior parte do lucro e tem a autonomia para escolher diferentes aspectos da publicação. Nesses casos, é importante que o escritor pesquise pelo histórico da editora e, se possível, obtenha informações sobre suas produções anteriores.

Com as editoras independentes, grande parte da divulgação é de responsabilidade do autor, mas o interessante é que algumas dessas editoras também prestam serviço de divulgação e oferecem até assessoria. Nessas editoras, porém, você tem de pagar tudo ou boa parte da publicação. 

Vantagens da publicação independente

  • Em geral, é mais fácil ter uma obra aceita por esse tipo de editora, pois o autor se compromete com parte do custo (ou o custo total) do livro, o que gera quase nenhum risco para a publicadora.
  • O autor não precisa ter conhecimento aprofundado de processo editorial para publicar sua obra.

Desvantagens da publicação independente

  • Os custos de produção e impressão de um livro podem ser bem altos dependendo do tamanho da tiragem.
  • É preciso muito cuidado por parte do autor em relação à editora que está contratando. É bom recolher depoimentos de quem já publicou com a empresa para saber se tudo é feito da forma correta.
  • Editoras independentes nem sempre oferecem a parte mais difícil para um autor iniciante: a distribuição dos livros. 
  • Dificilmente seu livro estará em todas livrarias, mas poderá ser vendido, por exemplo, em todos os marketplaces disponíveis na internet.

A Telha dispõe de uma equipe especializada e pronta para atender todas as demandas relacionadas à produção de um livro profissional. Clique aqui e preencha o cadastro para saber mais!

publicar

Deixe um comentário