Influências e relações entre música e literatura

As duas produções culturais são únicas e capazes de se complementar.

No Brasil, a Literatura é uma fonte constante de inspiração para a música e o elo entre essas linguagens artísticas não é novidade. As influências literárias da música brasileira são plurais, seja na escrita ou na inspiração para as canções. Como exemplo, temos Ana Carolina, Chico Buarque, Vanessa da Mata, Caetano Veloso, Vinícius de Moraes, Humberto Gessinger e Arnaldo Antunes, entre muitos outros.

Música e literatura, apesar de artes distintas, são correlatas poeticamente e historicamente. Tanto a letra musical enquanto narrativa quanto a experiência literária sonora são importantes aliadas. São produções culturais únicas e distintas que se complementam. 

Bob Dylan e o prêmio Nobel de Literatura

A conquista do Nobel de literatura pelo cantor e compositor Bob Dylan levantou mais uma vez a dúvida sobre música ser ou não literatura. A Academia começa a perceber que no mundo de convergência em que vivemos, todos os gêneros são híbridos, e o debate se expandiu para fora da academia.

Bob Dylan, músico e compositor, foi premiado pela contribuição da sua obra à criação literária. O próprio Dylan refletiu sobre o assunto, concluindo que “música é diferente da literatura”. No entanto, diversas manifestações musicais e literárias já foram capazes de provar que literatura pode ser cantada e música pode ser lida.

10 músicas brasileiras com referência à literatura

  • Admirável Gado Novo, Zé Ramalho – Admirável Mundo Novo, Aldous Huxley;
  • Caçador de mim, Milton Nascimento – O apanhador no campo de centeio, J. D. Salinger;
  • Dom Quixote, Engenheiros do Hawaii – Dom Quixote, Miguel de Cervantes;
  • As Minas do Rei Salomão, Raul Seixas – As Minas de Salomão, ‎Henry Rider Haggard;
  • O Nome da Cidade, Caetano Veloso – A Hora da Estrela, Clarice Lispector;
  • Busca Vida, Paralamas do Sucesso – O Pequeno Príncipe, Antoine de Saint-Exupéry;
  • Alegre Menina, Dorival Caymmi – Gabriela, Cravo e Canela, Jorge Amado
  • Amor I Love You, Marisa Monte – O Primo Basílio, Eça de Queiroz
  • Monte Castelo, Legião Urbana – Os Lusíadas, Luís de Camões
  • Vambora, Adriana Calcanhotto – Dentro da Noite Veloz, Ferreira Gullar e A Cinza das Horas, Manuel Bandeira

Deixe um comentário